PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PÁGINA 3
Editorial


PÁGINA 4 e 5
Ensino médico


PÁGINA 6
Eleição do Cremesp 2018


PÁGINA 7
Entrevista - Rodrigo Serra Pereira


PÁGINAS 8 e 9
Ressonância


PÁGINA 10
Agenda da presidência


PÁGINA 11
Instituição de Saúde - Hospitais da Fundação Padre Albino


PÁGINA 12
Eu, médico


PÁGINA 13
São Paulo


PÁGINA 14
Convocações


PÁGINA 15
Bioética


PÁGINA 16
Saúde pública


GALERIA DE FOTOS



Edição 358 - 05/2018

PÁGINA 4 e 5

Ensino médico


Exame do Cremesp será realizado em 19 de agosto

Pelo segundo ano consecutivo, participantes podem se preparar com
simulado online

A 14ª edição do Exame do Cremesp foi antecipada e acontecerá no domingo, 19 de agosto de 2018. Podem participar os egressos do sexto ano ou do 12º período de Medicina das escolas paulistas e, também, de outros Estados. Embora seja facultativa,
a expectativa é que a maioria dos estudantes do Estado de São Paulo participe da avaliação, uma vez que se tornou importante referência para admissão em programas de Residência Médica, concursos públicos e contratação em importantes instituições
de saúde da jurisdição paulista (veja matéria abaixo).

“O Exame do Cremesp é fundamental para atestar a qualidade do ensino médico, ainda mais em meio à grande quantidade de cursos de Medicina. Em São Paulo, são 57 e no Brasil já somam 311, sendo o segundo País com mais escolas médicas no mundo”,
afirma Lavínio Nilton Camarim, presidente do Cremesp.


Participação na avaliação é critério de acesso a programas de Residência em SP

Importantes instituições de saúde também consideram o exame para contratações

A participação no Exame do Cremesp é facultativa e não está condicionada à obtenção do registro profissional, mas ganhou reconhecimento a partir de 2015, quando passou a ser critério para acesso a importantes programas de Residência Médica (RM)
e, também, para participação em concursos públicos nos âmbitos estadual e municipal.

Dentre as instituições que consideram o Exame do Cremesp para contratação estão as secretarias de Saúde do Estado e do município de São Paulo, os hospitais Albert Einstein, Sírio-Libanês e Oswaldo Cruz, integrantes da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), Unimeds de Ribeirão Preto, Santos, Jundiaí, Presidente
Prudente, Botucatu, Bauru, Alta Mogiana (Hortolândia, Sales Oliveira, Morro Agudo, São Joaquim da Barra, Nuporanga e Ipuã) e Norte Paulista (Aramina, Buritizal,
Guará, Igarapava, Ituverava e Miguelópolis).

O exame também passou a ser considerado para ingresso em programas de Residência das Faculdades de Medicina do ABC, de São José do Rio Preto, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Santa Casa de São Paulo, Universidade de Santo Amaro (Unisa), Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas e,
também, dos hospitais do Servidor Público Estadual (Iamspe), Albert Einstein, Sírio-Libanês, Oswaldo Cruz e Hospital do Coração (HCor).


Unifesp é uma das instituições que consideram o exame para processos seletivos

Prova é aplicada simultaneamente na Capital e mais nove municípios


Avaliação tem 120 questões e cinco horas de duração

Com 120 questões de múltipla escolha, a prova do Exame do Cremesp tem duração
de cinco horas, sendo realizada simultaneamente nas cidades de São Paulo, Botucatu, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto e Taubaté. Para ser aprovado, o candidato deve responder corretamente a 72 questões, o que corresponde a 60% de acertos. São aferidos os conteúdos básicos
de áreas consideradas essenciais na Medicina, como Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Saúde Pública, Epidemiologia, Saúde Mental, Bioética e Ciências Básicas (Fisiologia, Bioquímica, Microbiologia e Parasitologia, Biofísica e Biologia Molecular).

As informações sobre horários e locais da prova serão divulgadas no site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br), por meio do Edital de Convocação para Provas, e de Cartões Informativos, que serão encaminhados por e-mail aos inscritos.


Caravana pelo Exame Obrigatório percorre nove cidades de SP

São José dos Campos, Santos e São José do Rio Preto são os mais recentes municípios visitados pelo Cremesp

Após percorrer nove cidades do Estado de São Paulo e recolher milhares de assinaturas, a Caravana pelo Exame Nacional Obrigatório para alunos e recém-formados em Medicina está concluindo as ações pelo Interior. A próxima etapa será
realizada na Capital no final de maio. Os mais recentes percursos da Caravana foram os municípios de São José dos Campos, no dia 26 de abril; Santos, no dia 24; e São
José do Rio Preto, no dia 19. Antes a ação do Cremesp já havia percorrido as cidades de Franca, Ribeirão Preto, Piracicaba, Sorocaba, Campinas e Bauru.

O objetivo da campanha é mobilizar médicos, autoridades, estudantes, formadores de opinião e a população em geral em torno de um abaixo-assinado pela aprovação
do Projeto de Lei (PL) nº 165/2017 que prevê a obrigatoriedade do exame para alunos e recém-formados em Medicina. Assim que completar a trajetória, o Cremesp enviará o abaixo-assinado ao Congresso Nacional pedindo celeridade à avaliação do PL. Além da Caravana, a campanha conta com uma petição online, que pode ser acessada no site
www.exameobrigatorio.com.br.

“O exame obrigatório irá aprimorar o ensino médico, contribuindo para a boa formação dos profissionais de Medicina. Como consequência, vai melhorar o atendimento aos pacientes”, destacou o presidente do Cremesp, Lavínio Nilton Camarim.


Substitutivo propõe provas ao longo do curso de Medicina

O Projeto de Lei nº 165/2017 que tramita no Senado propõe o exame obrigatório a todos os recém-formados em Medicina do País. Mas, em março deste ano, o presidente
do Cremesp, Lavínio Nilton Camarim, apresentou um substitutivo ao PL, que acrescenta avaliações no 2º e 4º anos do curso, de forma não reprovativa, para que os estudantes possam medir seu desempenho e corrigir eventuais deficiências da formação. Já para os recém-formados, a aprovação é necessária para a obtenção do registro profissional.


Simulado prepara para a avaliação

Todos os inscritos no Exame do Cremesp poderão se preparar para a prova por meio de um simulado online, elaborado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Este é o segundo ano consecutivo que o Cremesp realiza o simulado. Neste ano, ele acontece nos períodos de 8/6 a 10/6; e de 20/7 a 22/7, das 8h da sexta-feira às 18h do domingo.
A prova será composta por 60 questões de múltipla escolha – o que representa
metade das questões do Exame do Cremesp – e irá abranger proporcionalmente
todas as áreas de conteúdo do Exame. Para participar é necessário estar
inscrito no Exame do Cremesp 2018. O participante terá 90 segundos para
responder a cada questão. Ao término da prova, receberá automaticamente
o resultado. O teste é facultativo e não tem efeito no resultado no Exame do
Cremesp. “Essa é mais uma ferramenta para que o recém-formado possa avaliar
os conhecimentos adquiridos e para que tenha a oportunidade de conhecer
o conteúdo abordado na avaliação”, destacou Bráulio Luna Filho, coordenador
do Exame do Cremesp.


São José dos Campos


Ramos, Mascarenhas, Silvana, Camarim, Fernandes e Wright

Com ótima receptividade, a Caravana colheu cerca de 700 assinaturas em São José dos Campos, em 26 de abril. Além do presidente do Cremesp, Lavínio Nilton Camarim, também participaram da ação a conselheira responsável pela Delegacia Regional, Silvana Morandini; o delegado superintendente, Lauro Mascarenhas Pinto; o superintendente adjunto, Nelson James Wright; e os delegados Sérgio dos Passos Ramos e Aloísio Vieira Fernandes.

Santos


Hushi, Camarim e Florenzano

Foram coletadas em torno de 400 assinaturas na ação do Cremesp em Santos, em 25 de abril. Além do presidente do Cremesp; do delegado superintendente da Regional e ex-presidente do Conselho, Gabriel David Hushi; e do conselheiro responsável pela Regional, Luiz Flávio Florenzano; o evento teve a presença do secretário adjunto de Saúde de Santos, Valter Makoto Nakagawa.

São José do Rio Preto


Pereira, Camarim e Baptista

O estande do Cremesp mobilizou a população de São José do Rio Preto, em 19 de abril, coletando aproximadamente 500 assinaturas. Na ocasião, também foram distribuídos materiais informativos sobre a campanha para aqueles que passaram pelo local. Além de Camarim, estiveram presentes o delegado do Cremesp, José Eduardo Pereira; e o professor da Famerp, Marcus Vinicius Baptista, entre outros médicos do município.



Este conteúdo teve 980 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2018 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 211 usuários on-line - 980
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior