Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 17-10-2018
    Dia do médico
    Campanha do Cremesp enfatiza trajetória de esforço e dedicação dos médicos
  • 17-10-2018
    Evento
    Solenidade de posse da gestão 2018-2023 do Cremesp será transmitida ao vivo pelo YouTube
  • 17-10-2018
    Evento
    Cremesp participa do V Congresso de Acupuntura do CMAESP, em São Paulo
  • 11-10-2018
    Evento
    IV Fórum de Pediatria do CFM discute aumento da violência contra crianças e adolescentes
  • Notícias


    05-06-2018

    Medicina e esporte

    Cremesp aprova documento com medidas que adotam a boa prática das atividades desportivas nas escolas de Medicina

    Preocupado com a violência presente nos jogos universitários, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) editou e publicou, por meio de sua Câmara Temática Interdisciplinar sobre Violência nas Escolas Médicas (Camtivem), com apoio e sugestões da Câmara Técnica de Medicina do Esporte, o comunicado Boas práticas das atividades desportivas ligadas às faculdades de Medicina, durante reunião que aconteceu nesta segunda-feira (04/06), na sede do Conselho, com participação de representantes de escolas de Medicina do Estado.

    O comunicado conscientiza e orienta os dirigentes de atléticas, diretoria de universidades, atletas e o público participante dos jogos universitários sobre como evitar a propagação da violência em suas diversas formas. O vice-presidente do Cremesp, Renato Françoso Filho, que presidiu a reunião, destacou a importância de conscientizar os estudantes sobre a prática e competição saudável de esportes nos jogos universitários.

    Para a conselheira e coordenadora da Camtivem, Katia Burle Guimarães, essa é uma questão importante para o Conselho, pois ouvir os dirigentes das faculdades é fundamental para acabar, de fato, com os sérios problemas de violência nos jogos das faculdades de Medicina. ”A filosofia do esporte não é essa que vem sendo promovida nos jogos universitários e, sim, o trabalho em equipe, a qualidade de vida e saúde”, ressaltou.

    O sentimento de superioridade dos veteranos e a rivalidade entre as escolas são apontados como as principais razões para atos violentos, além do uso excessivo de álcool e outras drogas durante os eventos esportivos. “Temos que entender a dinâmica dessas competições e intermediar as regras criadas pelas atléticas. O Cremesp também tem a função educadora, por isso, o comunicado de boas práticas esportivas promove o estimulo ao desportivo, com orientações para evitar a violência nos jogos”, observou Ricardo Nahas, coordenador da Câmara Técnica de Medicina do Esporte.

    Representantes das faculdades presentes puderam opinar sobre o documento, além de sugerirem ações para combater a violência nos jogos. Por sua vez, o Cremesp solicitou empenho das instituições e atléticas universitárias na implantação das medidas propostas, trabalhando para garantir à comunidade estudantil uma formação mais humanista, um ambiente saudável, congregativo e não violento.

    Conheça a íntegra do comunicado Boas práticas das atividades desportivas ligadas às faculdades de Medicina: 
     
    1. Conscientizar a instituição de ensino de que ela é corresponsável pelo estimulo à prática desportiva durante a formação médica;
    2. Conscientizar a instituição de ensino de que ela é corresponsável pelo comportamento dos acadêmicos durante as competições;
    3. Estimular a revisão dos hinários;
    4. Entregar para a direção da escola um documento com assinatura dos estudantes responsáveis pelas atividades relacionadas às práticas desportivas;
    5. Orientar sobre os malefícios do uso de substâncias que caracterizem dopping e drogas ilícitas;
    6. Providenciar uma lista de estudantes que se disponham a ser "Carona Solidária”;
    7. Disseminar que o sucesso das festas de confraternização é incompatível com a prática conhecida como open bar;
    8. Disponibilizar serviço de ouvidoria, autônomo e independente, preservando o anonimato e privacidade do reclamante;
    9. Estimular a colaboração entre as Instituições de Ensino Médico na investigação e apuração dos eventos adversos ocorridos durante competições esportivas, pactuando com as atléticas o acesso às imagens dessas competições;
    10. Promover a realização de palestras sobre Filosofia do esporte e sua função na formação médica.

    Fotos: Osmar Bustos


    ESTA MATÉRIA AINDA NÃO FOI COMENTADA:

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 1214 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    Delegacia da Vila Mariana:
    Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
    Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2018 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 297 usuários on-line - 1214
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior