Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 22-03-2019
    Decisão judicial
    Justiça acata ação do Cremesp e impede dentista de divulgar e ministrar curso sobre modulação hormonal
  • 22-03-2019
    Defesa profissional
    ABORL-CCF discute com Cremesp proposta de pacotização de consultas e exames
  • 21-03-2019
    Bioética
    "Revolução científica" prevista quanto ao uso de células-tronco embrionárias é controversa e ainda não se concretizou
  • 18-03-2019
    Prestação de contas
    Assembleia Geral de médicos aprova gestão orçamentária, financeira e patrimonial do Cremesp em 2018
  • Notícias


    26-02-2019

    Medicamentos

    Cremesp manifesta-se contrário a Projeto de Lei que pretende eximir os antibióticos de prescrição médica


    O projeto de Lei (PLS 545/2018), apresentado pelo senador Guaracy Silveira (PSL-TO), pretende a dispensa da prescrição de receita para medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianas. O PLS 545/2018 está em tramitação na Comissão de Assuntos Sociais do Senado.  O Cremesp se opõe a essa proposta que pode trazer prejuízos à saúde da população. Caso o projeto seja aprovado, teremos um aumento da resistência por parte das bactérias, dado o uso indiscriminado do medicamento. 

    No Brasil, especialistas estimam que mais de 23 mil mortes acontecem anualmente por conta de infecções resistentes a antibióticos. No cenário mundial, a questão também tornou-se preocupante, a ponto de diversos países coibirem o uso indiscriminado com legislação específica e políticas de saúde pública. Por sua vez, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu como uma das dez prioridades de 2019 o combate à resistência antimicrobiana. 

    Os antibióticos devem ser prescritos por médicos e utilizados de forma correta e segura, justamente por conta da resistência às superbactérias.  O projeto de lei está na contramão do esforço mundial, representando mais um vilão nesse combate.  Ele se soma às fake news sobre saúde, que confundem a população e podem agravar a situação de quem promove a automedicação, e ao comércio ilegal medicamentos, incluindo os controlados.

    O Cremesp entende que a proposição carece de amparo lógico e científico e desaconselha a aprovação do PLS 545/2018, uma vez que pode ter efeitos danosos e passa longe de uma solução para os problemas da Saúde no País. 
     


    Este conteúdo teve 777 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    Delegacia da Vila Mariana:
    Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
    Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 260 usuários on-line - 777
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior