Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 12-12-2019
    Roda de Conversa
    Presidente do Cremesp visita Itapira para apresentação do Cremesp e orientações sobre atestado de óbito
  • 11-12-2019
    Roda de Conversa
    Presidente do Cremesp busca apoio para eventos pedagógicos em Marília, visando à prevenção de infrações éticas
  • 10-12-2019
    Expediente de final de ano
    Cremesp alerta sobre horários de atendimento, prazos processuais e obtenção de serviços
  • 10-12-2019
    Delegacias
    Atendimento do Cremesp em Itapeva e região passará a ser feito em Botucatu, Registro e Sorocaba a partir de 20/12/19
  • Notícias


    12-11-2019

    Roda de Conversa com o Presidente

    Cremesp discute problemas enfrentados pelos 3.640 médicos da região de Presidente Prudente

    Falhas no sistema da Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross), educação médica deficitária, falta de vagas em Residência, propaganda enganosa feita por médicos, Telemedicina, falta de pagamentos de honorários, dificuldades dos profissionais da Medicina em lutar por remuneração justa, papel orientador do Conselho de Medicina e necessidade de a entidade se aproximar dos profissionais médicos. Estes foram os principais temas abordados na 4ª Roda de Conversa, desta vez em Presidente Prudente, com os médicos da região e o presidente do Cremesp, Mario Jorge Tsuchiya, no dia 9 de novembro, no anfiteatro do Hospital Regional local. O encontro teve a participação de médicos e diretores técnicos e clínicos.

    A necessidade de o Cremesp aproximar-se dos médicos foi ressaltada por Tsuchiya. "Temos de ter um papel pedagógico no Conselho e precisamos saber como está a assistência médica no Estado. O diretor técnico, muitas vezes, não tem como mudar a realidade, mas o Cremesp pode se reunir com a prefeitura ou com o governo do Estado, entre outros, para tentar resolver os problemas."

    Sistema Cross

    A falta de flexibilização do sistema da Cross foi apontada por participantes do encontro, sendo mencionado também seu mal uso, decorrente de falhas na educação médica. O presidente mencionou o município de Mirandópolis, onde esteve recentemente, em que mesmo havendo uma boa UTI, com 12 leitos, o sistema faz o encaminhamento de pacientes para Araçatuba. Ele informou que o Cremesp já marcou reunião com os coordenadores da Cross para tentar ajudar a resolver a situação.   

    Educação médica

    A falta de vagas em Residência Médica também foi apontada pelos participantes, justificando as críticas à qualificação dos jovens médicos. Tsuchiya solicitou que sejam feitas denúncias ao Cremesp, quando houver problemas com os profissionais. Ele mencionou ainda que o Conselho mantém um sistema de busca ativa de publicidade ilegal, por meio da Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos (Codame).

    O presidente afirmou que o Cremesp está preocupado com a educação médica e o número de novos egressos. "Dentro de poucos anos seremos 1 milhão de médicos no Brasil. A Medicina nunca avançou tanto, mas alguns médicos têm agido mal. Precisamos separar o joio do trigo. Os médicos éticos se preocupam até quando recebem uma correspondência do Cremesp sobre qualquer assunto. Não queremos maus profissionais atuando em nosso meio", afirmou.

    Telemedicina

    Tsuchiya informou que os Conselhos estão tentando regulamentar a Telemedicina, que, na sua opinião, é irreversível. Mas, ponderou, "temos de acabar com o monopólio em relação a ela, democratizá-la e implantá-la no sistema público". Alertou, porém, que estão sendo divulgados feitos que não são realistas. “Está virando uma “febre”, mas essa prática tem de ser validada", ressaltou.


    Plantões

    Problemas em trocas de plantão também foram discutidos. O presidente do Cremesp defendeu que as regras estabelecidas precisam ser respeitadas e lembrou que se o colega plantonista não tiver chegado para o próximo turno, é necessário atender os pacientes, mesmo que o outro médico demore duas ou mais horas.

    Denúncias

    Falta de comprometimento, responsabilidade e falhas no gerenciamento por parte dos hospitais e convênios foram temas citados no encontro. Para o presidente do Cremesp, quando há problemas, eles devem ser denunciados formalmente ao Conselho e ao Ministério Público quantas vezes forem necessárias. Caso contrário, o diretor técnico será responsabilizado, não pelo Cresmesp, mas pelo Judiciário.

    Política

    A classe médica terá de aprender a fazer política, na opinião de Tsuchiya. "Precisamos criar um comitê ou uma frente, com uma proposta para a Medicina, pois, politicamente, estamos abandonados, embora o médico seja o profissional mais disputado em várias esferas. Não existe profissional que se dedique mais ao estudo, à educação continuada e ao autodidatismo do que o médico. O único jeito de mudarmos essa realidade é participando mais politicamente", pontuou o presidente do Cremesp.

    Tsuchiya sugeriu, e os médicos acataram, realizar um novo encontro, no próximo ano, envolvendo todos os médicos da região, visando sensibilizar os profissionais para os problemas latentes da classe, além de orientações éticas e pedagógicas.  

    A Roda de Conversa está sendo realizada em várias cidades sedes de Regionais do Cremesp, com o objetivo de fazer um diagnóstico da prática médica no Estado, por meio da coleta de impressões, dúvidas e sugestões dos profissionais que vivenciam a dinâmica diária de hospitais de cada região. Além de Presidente Prudente, já foram visitadas as cidades de Ribeirão Preto, Campinas e Botucatu. O próximo encontro está previsto para 18 de novembro, em Araraquara.

    Foto: Osmar Bustos


    Este conteúdo teve 11095 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 412 usuários on-line - 11095
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior